María Angelica Villalobos “Angie”

  

Obrigada, acredito que esse seja um triunfo de todos que me apoiaram, especialmente você, tenho muito presente o que você me ensinou quando comecei neste grande esporte. Tenho claro que esse é apenas uma conquista e que preciso lutar para conseguir mais. Lembro também que foi você que me apelidou de “Angie”, agora quase todos no tênis me chamam assim. Espero que um dia não tão distante possa ir visitá-lo no Brasil e jogar um torneio lá.”