BIOTEAMS: APRENDENDO DA NATUREZA PARA MELHORAR A GESTÃO DE PESSOAS EM PROJETOS

  

Um Paper que fiz em 2009 como Trabalho de conclusão de curso.  Para os que têm interesse pelas incríveis lições que podemos tomar da natureza para melhorar a vida humana. BIOTEAMS.

Teoria dos Enxames

Resumo – Este artigo visa apresentar o caso específico do “Bioteaming”, uma disciplina desenvolvida no Reino Unido que se baseia no comportamento dos chamados animais sociais, ou seja, aqueles que apresentam vida organizada em sociedades e operam como enxames, manadas ou grupos. No estudo deste tema, são introduzidas e explicitadas novas ideias e soluções, aplicadas a uma das principais áreas da Gestão de Projetos: a Gestão de Pessoas.  Nesta área, a forma pela qual se estrutura e se promove a liderança e o trabalho em equipe pode representar o fator de sucesso de um dado projeto.

Tomando esta disciplina como base, a pesquisa apresentada neste artigo pretende responder à seguinte pergunta: a Gestão de Projetos pode se beneficiar da aplicação das novas teorias e ferramentas de software e comunicações baseadas no comportamento animal?

ARQUIVO EM PDF

Artigo BIOTEAMS-versão final-Fabio Padilla-MBA Gestão de Projetos 2010

Palavras Chave: Biomimicry, Bioteams, Gestão, Mudança organizacional, Equipes de trabalho, Redes Empresariais Virtuais

===

  1. 1.  Introdução

No mundo atual, globalizado e interconectado, quando se mescla a tecnologia com a Gestão de Pessoas, necessariamente terminam-se analisando as redes. Equipes de alta performance podem se desenvolver, inclusive, entre pessoas que trabalham para diferentes empresas ou organizações. Este é um exemplo de aplicação dos Bioteams que será explicado, mostrando como a disciplina pode ser usada para criar as Virtual Enterprise Networks – VEN ou Redes Empresariais Virtuais.

Ao longo deste artigo, serão apresentadas recomendações pontuais para uma das principais e mais difíceis metas de se atingir por todo gerente de projeto: o desempenho ótimo da equipe de trabalho.

Este artigo tem como objetivo explicitar e analisar os “Bioteams”, um estudo que oferece ferramentas específicas para o trabalho em equipe e para o desenvolvimento de Redes Virtuais, e inclui técnicas e casos de sucesso para determinar os campos de aplicação mais recomendáveis das novas tecnologias ou metodologias na Gestão de Projetos.

O que uma organização precisa para operar como enxame ou Bioteam? Poderia um projeto ser gerenciado aplicando as técnicas dos Bioteams? São estas algumas das principais questões que este artigo busca responder, além de complementar com a análise de quais são os principais obstáculos e as melhores metodologias para implementá-los.

O tema estudado é de certa forma, antigo, mas há novos enfoques e pesquisas sendo desenvolvidos. As novas ferramentas de software e comunicações tornam o tema interessante para ser aportado nos processos de inovação.

Os processos, técnicas e casos de sucesso relacionados com o estudo dos enxames aplicados às organizações humanas são ainda pouco difundidos. Entende-se que seu estudo e disseminação poderiam contribuir para a inovação e melhoria das técnicas de gestão.

O tema é apresentado com um marco teórico que descreve claramente o problema detectado e a solução que os pesquisadores do Reino Unido propõem, com vários processos e ferramentas de uso prático sendo explicitados, e que inclusive estão a disposição na internet.

Os gerentes de projeto poderão encontrar novas formas de pensar, de estimular a colaboração entre os membros da equipe e a interação produtiva entre eles, sustentadas por processos cuidadosamente desenvolvidos e provados e que podem aportar uma visão renovada ao grupo de trabalho.

Por fim, define-se o público-alvo deste artigo como os gerentes, diretores e profissionais relacionados com a Gestão de Pessoas e o talento humano – RH, todos os colegas e público em geral, que possam se interessar pelo tema e encontrar uma aplicação inovadora para o conhecimento aqui apresentado.

(VER PAPER COMPLETO ACIMA, NO LINK DO ARQUIVO EM PDDF)